FECHAR <----

CLIQUE AQUI

Pastores aprovam a Declaração de Fé das Assembleias de Deus. Documento tem mais de 100 páginas e quer ser parâmetro para as igrejas da denominação.
Após o recesso para o almoço, os convencionais retomaram as plenárias neste segundo dia de 43ª AGO. Pastor José Wellington Bezerra da Costa iniciou os trabalhos com uma palavra de oração. Em seguida, todos os presentes entoaram o hino 305 da Harpa Cristã.
Pastor Sebastião Rodrigues fez a oração em favor do pastor Elienai Cabral, preletor da tarde, que ministrou a Palavra sob o tema “A fé precede a graça”, baseada em Efésios 2.8. Ele cumprimentou a todos os convencionais e o presidente da mesa diretora e disse que esta convenção objetivou uma temática teológica que prestigia a teologia pentecostal. “Um tema que coincide com os 500 anos da Reforma Protestante. ‘Salvação e livre arbítrio’ é um assunto necessário, principalmente devido à dificuldade de algumas pessoas em entender o assunto. A Assembleia de Deus não poderia ficar de fora dessa comemoração”.

Após a ministração da Palavra, pastor José Wellington convidou a todos para agradecerem a Deus pela mensagem bíblica explanada pelo pastor Elienai Cabral. 
                 
Na sequência, o pastor Percy Fontoura (PR)  orou para que as discussões da plenária fossem abençoadas, com mente aguçada e aumento de paz, e que em tudo quanto acontecer o nome de Deus seja exaltado.

Pastor Douglas Baptista discorreu acerca do "Cremos" da denominação. A comissão formada por 18 integrantes, conforme deliberada pela manhã, se reuniu no período das 11h30 às 14 horas com debates com os propositores de acréscimos e alterações. Houve pequenas alterações. Ao final, a Declaração de Fé foi aprovada integral e unanimemente.
Baixe Aqui a Declaração de Fé das Assembleias de Deus

Em linhas gerais, a declaração oferece um compêndio do que historicamente é ensinado na maioria das obras de teologia sistemática protestantes. Na introdução, há a lembrança que a maior parte dessas doutrinas “já são ensinadas nas igrejas desde a chegada ao país dos missionários fundadores, Daniel Berg (1884–1963) e Gunnar Vingren (1879–1933)”.

 
Top