{ FECHAR }

CLIQUE AQUI


Lição Bíblica de Adolescentes
Trimestre: 2° de 2018
Editora: CPAD
Revista do Professor
Reverberação: Subsídios EBD
Outras Lições: Acesse Aqui
TEXTO BÍBLICO
Ester 4.9-17
Destaque
"Ele gostou dela mais do que de qualquer outra moça, e ela conquistou a simpatia e a admiração dele como nenhuma outra moça havia feito. Ele colocou a coroa na cabeça dela e a fez rainha no lugar de Vasti" (Et 2.17).

LEITURA DEVOCIONAL
SEG.....................................................................Et 2.15
TER.....................................................................Et 2.10
QUA....................................................................Sl 97.11 QUI.....................................................................Et 4.11
SEX.....................................................................Et 4.16
SÁB.....................................................................Et 7.3,4
DOM....................................................................Et 10.3
Objetivos
Refletir sobre o comportamento cristão perante o mundo;
Fazer com que os alunos pensem sobre o seu chamado e desejem des­cobri-lo;
Mostrar a responsabilidade de influenciar pessoas em seu convívio social.
Material Didático
Leve cartolina, materiais para elaboração de painéis e, se possível, use um computador para pesquisas na internet afim de realizar a atividade sugerida nesta lição. Faça também uso do quadro objetivando promover um diálogo entre os alunos ao final da aula.


Quebrando a Rotina
Professor, que tal fazer uma pesquisa com a classe acerca dos grandes homens e mulheres de Deus que influenciaram a sociedade de seu tem­po? Faça uma lista com estes nomes, constando um pequeno resumo de cada personalidade. Você pode criar também, uma exposição das pesquisas feitas por eles e promover a participação e o, envolvimen­to de todos.

Use cartolinas e reserve um tempo para este trabalho. Reúna a classe e apresente o trabalho num dia comemorativo da Escola Dominical.

Outra sugestão é fazer uma roda de diálogo com os alunos, trazendo com eles vários exemplos de pessoas que são boas influências e dignas de nossa admiração, e respeito, assim como as que são mau exemplo em nosso tempo. O resultado é fazer com que a classe saiba relacionar a diferença e a importância de ser um cristão digno em meio a esta sociedade corrompida.

ESTUDANDO A BÍBLIA
Caro professor, na lição desta semana, você pode refletir com os seus alunos sobre a importância de o adolescente cristão perceber e identificar o tipo de influência que recebe do meio social em que ele vive, seja na escola, na família ou na igreja. É seu, professor, o compromisso de ensiná-lo sobre a responsabilidade que temos de influenciar a sociedade, pois somos o sal da terra e a luz do mundo (Mt 5.13,14).

Assim como Cristo nos deu o exemplo, igualmente devemos imitá-lo, pois desse modo seremos agentes influenciadores do Reino de Deus aqui na terra. Propagaremos sua mensagem de amor ao mundo. Portanto, professor, influencie positivamente os seus alunos. Dê bons exemplos para que eles se espelhem em você e, assim, sintam-se animados em fazer a diferença nesta sociedade.

Esta lição nos relata uma bela história da Bíblia: a história da jovem judia que foi chamada por Deus para uma grande missão. Ester era uma jovem muito especial que não abandonou seus princípios, mesmo estando em meio a um povo desconhecido e pagão. Em razão do propósito divino, a jovem se destacou e tornou-se rainha. Ester é um grande exemplo para nós nos dias de hoje. Sua sabedoria e destreza nos ensinam que é possível, por meio da graça divina, sermos influentes na sociedade em que vivemos.

Órfã e exilada de seu povo

Ester era uma jovem muito bonita, seus pais haviam morrido e ela havia sido criada por seu primo Mardoqueu. Este nobre judeu zelava por ela como se fosse sua filha (Et 2.5-7). Ester sofreu por ser exilada de sua terra, de sua nação, dos costumes do seu povo, para uma terra estranha, a fim de servir e conviver com um povo desconhecido. Ester foi uma jovem muito forte e corajosa por sobreviver a tantas coisas. Era jovem como você, com sonhos, planos, complexos e medos. Contudo, a Palavra de Deus nos ensina que Ester se destacava, acima de tudo, pelo seu comportamento e caráter. Era uma serva de Deus!

AUXILIO TEOLÓGICO
Nos dias de Assuero
O Assuero deste livro e comumente conhecido pelo seu nome grego, Xerxes. Foi monarca da Pérsia de 486 a 465 a.C.
Datas importantes relacionadas com o livro de Ester:
(1) o cativeiro dos judeus, por Nabucodonosor, em 586 a.C. (2 Rs 25);
(2) a volta dos Judeus, do cativeiro, em 538 a.C., permitida por Ciro (Ed 1);
(3) o reinado de Ester como rainha da Pérsia, a partir de 479 a.C. (2.16,17);
(4) a viagem de Esdras, com autorização da corte, de Babilónia para Jerusalém, em 458 a.C. (Ed 7). Assim sendo, os eventos do livro de Ester ocorreram uns vinte e um anos antes de Esdras conduzir um segundo grupo de exilados a Jerusalém (Bíblia de Estudo Pentecostal. CPAD, 1995, p.756).

Uma jovem diferente nomeada rainha
"Ele gostou dela mais do que de qualquer outra moça, e ela conquistou a simpatia e a admiração dele como nenhuma outra moça havia feito. Ele colocou a coroa na cabeça dela e a fez rainha no lugar de Vasti" (Et 2.17).

O rei Assuero, um dos mais poderosos da época, havia se decepcionado com Vasti, sua rainha. Porquanto, ela havia se recusado a entrar na presença do rei no dia do banquete. Por este motivo, o rei e seus príncipes ficaram irados e preocupados com a repercussão que a desobediência de Vasti poderia gerar no império. Então, o rei lançou um decreto para que ela nunca mais pudesse entrar em sua presença (Et 1.16-22). Em seguida, mandou buscar no reino moças virgens, formosas à vista, a fim de que se apresentassem na presença do rei para que este escolhesse uma nova rainha (Et 2.2,3).

Nessa ocasião, Ester também foi levada a fim de concorrer à vaga. Embora se destacasse por sua beleza, a jovem também era diferente por sua postura exemplar. Ela tinha algo especial que chamava a atenção de todos (Et 2.15). Tinha a graça de Deus em sua vida e era temente a Ele. Diante de tantas jovens que estavam com ela, o rei se encantou por Ester e a fez rainha no lugar de Vasti (Et 2.15-18).

AUXÍLIO TEOLÓGICO
E a moça... reine em lugar de Vasti


O livro de Ester, embora não mencione explicitamente o nome de Deus, demonstra a sua incessante providência em favor do povo Judeu. Ele dirige, prevalece e usa o agir de homens e mulheres, para cumprir seus propósitos e preservar seu povo escolhido. O livro demonstra a previsão e a providência de Deus, das seguintes maneiras:
(1) Por Vasti recusar vir à festa do rei, Ester uma moça judia, foi escolhida para ser rainha;
(2) Mardoqueu, também judeu, e parente próximo de Ester, descobriu uma conspiração para matar o rei;
(3) o rei concedeu a Ester favor especial;
(4) o rei descobriu que Mardoqueu lhe salvara ávida;
(5) o rei decidiu honrar a Mardoqueu no momento exato em que Hamã entrou.
(6) o rei ajudou Ester e o povo judeu, o qual estava ao ponto de ser destruído;
(7) Mardoqueu tornou-se muito influente junto ao rei" (Bíblia de Estudo Pentecostal. CPAD, 1995, p.757).

AUXÍLIO DIDÁTICO
Em um dos comentários da Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal, encontramos: "Se um tempero não tiver sabor, não fará diferença. Se os cristãos não fizerem um esforço para influenciar o mundo ao seu redor, será de pouco valor para Deus. Se formos semelhantes ao mundo não teremos importância.

Os valores cristãos não devem ser confundidos com os valores do mundo, a fim de que influenciemos as outras pessoas positivamente, da mesma maneira que o tempero na comida ressalta o melhor sabor" (CPAD, 2003, p.1224). É exatamente esta a mensagem que você, professor, passará aos seus alunos nesta lição. Você tem a meta de fazê-los compreender que os valores e as ambições do mundo não são os mesmos de Deus para a vida deles.

Seus alunos precisam ter como principal alvo o Reino dos Céus, e ter como intenção influenciara outros a "ambicionar" o mesmo alvo. Sendo assim, utilize exemplos bíblicos, como os de Ester e Mardoqueu para mostrar que é possível vencer o mundo, mesmo vivendo nele. Precisamos, sim, almejar um bom emprego, uma boa faculdade e, sim, podemos ter metas como essas. Porém, nada pode estar acima do seu principal foco que é morar com o Senhor Jesus nos céus.

Explique aos seus alunos que eles são diferentes, de modo que todos poderão constatar isso em suas ações, em seu amor pelo próximo, em seu anseio de adorar e ver a Cristo.

Uma rainha que soube usar sua influência
Agora que Ester vivia ao lado de Assuero como rainha, suas responsabilidades aumentavam dia após dia. Seu prestígio, sua honra e sua influência também eram consideráveis. Talvez, se Ester fosse uma jovem que pensasse somente em si mesma, ela poderia muito bem gozar de todo o luxo e conforto que o reino lhe proporcionava como rainha e viver o resto de sua vida tranquila e sem mais pobreza, desprezo e sofrimento. Isto certamente aconteceria se Ester não fosse chamada por Deus e se não fosse obediente ao Senhor.

No reino, havia um homem chamado Hamã, grande inimigo do povo de Deus, que se incomodou com a presença, crescimento e costumes do povo judeu no reinado de Assuero (Et 3.8).

Desde que Ester havia sido designada a apresentar-se perante o rei, seu primo, Mardoqueu — e não tio como popularmente costuma ser mencionado por alguns (cf. Et 2.7,15) — revestido de grande sabedoria, orientou a jovem a não revelar sua identidade como judia até que fosse a hora certa. Esta era uma estratégia divina que seria usada a favor do povo de Deus futuramente. Hamã, tomado por muito ódio, convenceu o rei Assuero a fim de que ele lhe desse a permissão de lançar um decreto para que todo o povo judeu fosse morto, pois seus costumes eram diferentes e não cumpriam as leis reais (Et 3.13).

AUXILIO DIDÁTICO
Caro professor, nesse momento da lição é importante que você reflita com seus alunos a respeito de como eles têm influenciado outros adolescentes a também servirem a Deus. Sabemos que, nessa fase, muitos são tímidos até para dizer que são cristãos. Além disso, o medo de serem rejeitados no grupo de amigos da escola ou mesmo na parentela faz com que se sintam acuados para testemunhar a verdade do evangelho.

Em razão disso, enfatize que Eles são o sal para a humanidade; mas, se o sal perde o gosto, deixa de ser sal e não serve para mais nada. E jogado fora e pisado pelas pessoas que passam. Eles são a luz para o mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte.

Ninguém acende uma lamparina para colocá-la debaixo de um cesto. Pelo contrário, ela é colocada no lugar próprio para que ilumine todos os que estão na casa. Assim também a luz deles deve brilhar para que os outros vejam as coisas boas que eles fazem e louvem o Pai, que está no céu (Mt 5.13-16).

Portanto, o Senhor Jesus nos comissionou para uma grande obra de evangelização e propagação das "boas novas" do Reino de Deus. Somos os seus embaixadores e representamos o Príncipe da Paz neste mundo e, por isso, não precisamos temer divulgar para os demais colegas, qual a razão da nossa fé. Encoraje seus alunos a obedecerem a Palavra de Deus e evangelizarem por onde passarem, pois eles são bênçãos de Deus para sua geração.

O grande jejum
A notícia do decreto de Hamã contra o povo de Deus chegou até Ester. Nesse caso, a jovem precisou agir o quanto antes para que pudesse salvar o seu povo dos intentos maldosos de Hamã. Apesar de inicialmente ela ter hesitado (Et 4.12-14). Mardoqueu mandou pedir a Ester que entrasse na presença do rei e clamasse em favor de seu povo. No entanto, havia uma lei que dizia que qualquer pessoa que se atrevesse a chegar à presença do rei, sem ser chamada, deveria ser morta (Et 4.10,11).

Então, Ester decidiu fazer um jejum coletivo, com todo o povo judeu, para que fosse ter com o Rei. E assim ela mandou responder a Mardoqueu para que ele reunisse a todos para o jejum (Et 4.16,17).

Após os três dias de jejum absoluto, entrou Ester na presença do rei e, mais uma vez, a Palavra nos diz que ela alcançou graça aos olhos do rei e ele a recebeu em paz. Ela fez um convite para que o rei e Hamã viessem a dois banquetes que iria preparar. Chegado o dia do banquete, o rei perguntou a Ester qual era a sua petição, pois ele lhe daria até mesmo "a metade do reino" (Et 7.2). Nesse instante, Ester não só revelou a sua nacionalidade, como também contou ao rei Assuero quais eram os intentos de Hamã contra o seu povo (Et 7.3-7). O rei se enfureceu muito contra Hamã e mandou que o enforcassem na própria forca que havia preparado para Mardoqueu, visto que Hamã o odiava (Et 7.8-10). Juntamente com seu primo, Ester alcançou a vitória para todo o povo judeu em todas as províncias do reinado de Assuero.

Dessa forma, o nome de Deus foi exaltado e cumpriu-se o propósito na vida da rainha Ester que, com grande sabedoria, usou sua influência para salvar o povo escolhido de Deus.

Você também pode
Querido adolescente, os tempos mudaram bastante desde a época do Antigo Testamento em que Ester viveu, até os dias de hoje. Entretanto, o nosso Deus não mudou e seus princípios continuam os mesmos. O Senhor ainda almeja encontrar os que querem fazer a diferença. Ele ainda procura na terra aqueles que o adoram em espírito e em verdade (Jo 4.19-24).

Estamos vivendo um verdadeiro caos neste tempo, mas você ainda pode ser a luz que ilumina o ambiente em meio às trevas. Você, adolescente, ainda pode ser o "diferente" em meio a tantos que imitam o sistema pecaminoso do mundo e querem fazer o que desagrada a Deus. Tenha uma vida orientada pela Palavra de Deus, e seja você também como Ester. Faça a diferença e seja uma bênção!

Conclusão
Um dia, você vai se tornar adulto, terá uma família e será um profissional. Mas não esqueça: Deus também tem um propósito para você cumprir. Portanto, não desvie nunca a sua mente e o seu coração da Palavra do Senhor. Seja uma boa influência para as suas amizades, sua geração, e alcance muitas vidas para Cristo através do seu testemunho, do seu caráter. Seja como Ester e alcance graça aos olhos de todos quantos conviverem com você (Ef 2.15).

Recapitulando
Nesta lição, a Palavra de Deus nos ensinou, através do exemplo de Éster, como é possível fazer a diferença e ser um adolescente, um jovem e um adulto de importante influência neste mundo. Ela não esperou a fase adulta chegar para obedecer ao Senhor. Pelo contrário, Ester co­meçou bem cedo a engrandecer o nome de Deus por meio de sua vida. Casou-se com o rei, tornou-se rainha e livrou o povo judeu das mãos de seus inimigos. Tudo isso ocorreu sem que deixasse a sua humildade, nem esquecesse suas origens. Também não deixou de honrar e ouvir os conselhos de seu primo e pai de criação, Mardoqueu, e principalmente não deixou de servir e amar a Deus sobre todas as coisas.

A partir de hoje, faça um propósito com o Senhor de ser um adoles­cente diferente, fiel e de bom caráter. E, enquanto o tempo do propósito divino não chega, vá se preparando, santifique sua vida, dedique-se à Palavra de Deus e à oração. E não se esqueça: faça o bem e pratique o amor. Seja você também um agente influenciador do Reino de Deus.

Refletindo
1. Por que Ester se destacou no reino de Assuero?
Por causa de sua beleza e postura.
2. Qual a importância de estudar e de se formar para influenciar a sociedade?
Aqui, o professor deve dirigir a resposta, demonstrando ao aluno que, além de se realizar no trabalho, uma boa formação é uma ferra­menta indispensável para nos aproximarmos de pessoas e influenciá-la acerca do Reino de Deus.
3. Você tem buscado a presença de Deus?
Resposta pessoal




 
Top