Anuncios

 

FECHAR <<=====

CLIQUE AQUI


1. Mostre aos alunos a Bíblia como autoridade definitiva.
Vivemos em uma sociedade com pouquíssimos padrões e valores. Tudo o que as pessoas sentem vontade de fazer é carreto, desde que não desobedeçam à lei e sejam presos. Parece que as pessoas têm sua própria lei, sem qualquer autoridade externa para lhes dizer o que é certo ou errado. Em meio a este relativismo, faz parte da responsabilidade do professor ensinar aos adolescentes que a Bíblia é a autoridade final em relação à opiniões e práticas.

A fim de ensinar essa verdade com eficácia, você deve orientá-los a aprender sozinhos o que a Palavra de Deus nos diz para fazer, em vez de meramente narrar o que a Bíblia fala. Um dos maiores perigos da aula expositiva para adolescentes é o fato de que eles se sentem responsáveis somente em relação ao professor e não em relação a Deus — se é que se sentem responsáveis de alguma forma.

Uma de suas metas como professor deve ser ensinar seus alunos a estudar a Bíblia sozinhos e a encontrar respostas para seus problemas na Palavra de Deus, sem ter que confiar em outra fonte de informação e orientação. (Não estou sugerindo que pessoas, inclusive os professores, e outros livros não sejam úteis, mas a autoridade definitiva quanto às decisões e ações é a Bíblia).

2. Relacione a Bíblia com as necessidades e experiências do adolescente.

A Bíblia não é um livro enfadonho e empoeirado, escrito séculos atrás, sem importância para os adolescentes modernos. Pelo contrário, é surpreendentemente atual e contém muitas orientações para os problemas com os quais estão lidando. É sua função, como professor, ajudar os alunos a unir o que você ensina aos seus estilos de vida.

A maioria das pessoas no mundo hoje estão silenciosamente gritando: 'você não vê que eu preciso de ajuda?' em todas as classes há gente com problema. Uma professora de escola pública relatou recentemente que há cada vez mais problemas relacionados à família, até mesmo entre os pequeninos, seguindo a mesma proporção do crescente número dos lares desfeitos. Os adolescentes deparam-se com a perplexidade, a confusão e problemas graves frequentes.
Pode um professor de Escola Dominical ficar satisfeito somente em' ensinara lição'?
 
3. O ensino deve ser personalizado.

O professor deve conhecer profundamente os membros de sua classe. Deve ensinar levando em conta os conhecimentos, os interesses e as necessidades dos alunos. Jesus agiu assim. Sua tática de ensino era uma para o incrédulo Tomé e outra para o hesitante Pedro. Seu método de ensino para os discípulos entristecidos era diferente daquele empregado em relação aos comerciantes que trabalhavam no templo.

A lição bíblica deve ser ensinada — isso é certo. A Bíblia tem as respostas — isso é verdade. Mas a função do professor é a de mostrar como a Bíblia tem respostas para a vida individual de cada aluno, considerando seus conhecimentos, interesses e necessidades particulares" (JOHSON, Lin. Como Ensinar Adolescentes. CPAD, 2003, pp.77,78).

Reverberação: Subsídios EBD

 
Top