Anuncios

 

FECHAR <<=====

CLIQUE AQUI


Lição Bíblica de Adolescentes
Trimestre: 4° de 2017
Rev. Do Aluno
Editora: CPAD
Reverberação: Subsídios EBD
Outras Lições: Acesse Aqui
TEXTO BÍBLICO
Josué 1.1-12; Oseias 6.1-6
Destaque
"Fale sempre do que está escrito no Livro da Lei. Estude esse livro dia e noite e se esforce para viver de acordo com tudo o que está escrito nele. Se fizer isso, tudo lhe correrá bem, e você terá sucesso" (Josué 1.8).
CLIQUE E LEIA TAMBÉM:
Trocando ideias
Nos encontramos de novo! Você já viu como e por quem a Bíblia foi escrita e como Deus inspirou seus escritores a registrarem a sua mensagem em cada um de seus 66 livros.

Hoje vamos ver como e porque a Bíblia está dividida em dois grandes blocos: Antigo e Novo Testamento. O que será que eles têm de diferente, de exclusivo entre si, e de complementar?

Ao final desta aula, você descobrirá uma pessoa muito especial ao longo de toda a Bíblia: Jesus Cristo.
ESTUDANDO A BÍBLIA
Meus irmãos, abram a Bíblia em Amos capítulo 3, versículo 3. Para quem não sabe, Amos fica depois de Joel e antes de Obadias.
- Já achou?
- Eu não! Fica no Novo Testamento?
- O pastor falou que fica entre Joel e Obadias,
- Ok, essa parte eu entendi. Mas onde é que ficam Joel e Obadias?
Não tem jeito. Tem certos livros da Bíblia que a gente tem uma dificuldade enorme de achar, especialmente alguns profetas menores do Antigo Testamento. Aliás, você sabe qual a origem da palavra Bíblia? E Testamento?

A palavra Bíblia veio para o português através do latim, mas a sua origem é o grego, onde significa "livros". A própria Bíblia chama a si própria de "os escritos" ou as "as Escrituras" (Mt 21. 42 e 2 Tm 3. 15).

As duas partes da Bíblia são chamadas de Antigo e Novo Testamento. A palavra "testamento", geralmente na Bíblia grega, é traduzida por "concerto".

Portanto, quando falamos de testamento na Bíblia, estamos nos referindo às alianças ou pactos que Deus firmou com a criação, com seu povo e, por fim, com todos nós por meio de Jesus Cristo.

A Bíblia toda é a Palavra de Deus, então, é muito importante lermos, e entendermos toda a Bíblia. Mas saiba que nem tudo do Antigo Testamento se aplica a nós, cristãos, pois muitas regras, normas e preceitos foram determinados por Deus exclusivamente para o povo de Israel. Mesmo assim, apontam para Jesus.

O Antigo Testamento, a Palavra antiga de Deus
Dos 66 livros que compõem as Bíblias lidas pelas igrejas evangélicas (a Bíblia católica tem alguns livros a mais e a Torá judaica não tem o Novo Testamento) 39 estão no Antigo Testamento.
Dúvida! Se a história de Jesus está no Novo testamento, para quê ler o Antigo?
Muitos não dão a devida atenção a ele, mas o Antigo Testamento é muito importante, pois é por intermédio dele que sabemos que:
1) Existe um Deus Todo-Poderoso Criador de todo o universo;
2) Que Ele fez o mundo perfeito;
3) Que o pecado do homem nos separou da comunhão com Deus;
4) Que Deus é justo, puro, santo e misericordioso;
5) Que Deus elaborou um plano para salvar o homem;
6) Que Deus escolheu um homem para dele criar um povo especial;
7) E que a este povo especial Ele daria os seus mandamentos;
8) E, por fim, deste povo, nasceria o Messias, o Salvador prometido.

Percebeu quanta coisa importante há no Antigo Testamento? Na prática ele é uma introdução que mostra todo o plano de Deus para a vida terrena de Jesus. Mas não é só isso. O Antigo Testamento era toda a Palavra de Deus que Jesus e os discípulos tinham para ler, pois o Novo Testamento ainda não havia sido escrito. O novo escrito estava acontecendo! O próprio Jesus leu o livro de Isaías na sinagoga de Nazaré (Lc 4.16-27), lembra? Citou os Salmos, e diversas passagens do Antigo Testamento. Como Ele mesmo disse: "Não pensem que eu vim para acabar com a Lei de Moisés ou com os ensinamentos dos Profetas. Não vim para acabar com eles, mas para dar o seu sentido completo" (Mt 5.17).
Ok Entendi! Mas quais são os livros do Antigo Testamento? Bom, o Antigo Testamento está dividido da seguinte forma:
SEÇÕES
LIVROS


Pentateuco
Gênesis
Êxodo
Números
Levítico
Deuteronômio



Livros Históricos
Josué
Juízes
Rute
I Samuel
II Samuel
I Reis
II Reis
I Crônicas
II Crónicas
Esdras
Neemias
Ester    

Livros de Sabedoria
Salmos
Provérbios
Eclesiastes
Cantares

Profetas Maiores
Isaías
Jeremias
Lamentações
Ezequiel
Daniel


Profetas Menores
Oseias
Joel
Amos
Obadias
Jonas
Miqueias
Naum
Habacuque
Sofonias
Ageu
Zacarias
Malaquias

Outra Dúvida!
Por que tem "Profetas maiores" e "Profetas menores" uns são mais importantes que os outros?
Não, nada a ver. Esta divisão é apenas por causa do tamanho dos livros. Os profetas maiores são aqueles que escreveram mais, só isso. Afinal, Toda a Palavra de Deus é igualmente importante.

O Novo Testamento, uma novidade para vida!


Já sabemos que a Bíblia tem no total 66 livros e que o Antigo testamento tem 39. Isto quer dizer que o Novo Testamento tem, tem... Adivinha! O Novo Testamento é formado por 27 livros. Mas que livros são esses, como se dividem?
SEÇÕES
LIVROS
Evangelhos
Mateus, Marcos, Lucas e João
História
Atos dos Apóstolos




Epístolas Paulinas
Romanos
I Coríntios
II Coríntios
Galátas
Efésios
Filipenses
Colossenses
l Tessalonicenses
lI Tessalonicenses
l Timóteo
lI Timóteo
Tito
Filemon


Epístolas Gerais
Hebreus
Tiago
I Pedro
II Pedro
I João
II João
III João
Judas
Profético
Apocalipse

*MeDáUmHelp.
Mas são tantos livros, por onde devo começar a ler?
Olha, a minha dica é que comece pelos Evangelhos, sabe por quê? E lá que você encontrará as palavras e os ensinamentos que o próprio Jesus disse.

*Não Entendi!
Qual a importância disso?
Nos Evangelhos, você verá a conclusão do plano da Salvação que Deus prenunciou lá em Génesis 3.15 passo a passo na vida de Jesus. Mais ainda: lembre-se: Jesus é o Filho de Deus, a segunda pessoa da Trindade, o próprio Deus habitando entre os seres humanos. Você não acha que, de tudo o que Ele disse ao longo destes 1500 anos em que a Bíblia foi escrita, Ele não escolheu o que era de mais importante para dizer pessoalmente?

Depois dos Evangelhos, vem o livro de Atos dos Apóstolos, que é a continuação do Evangelho de Lucas. Ele nos conta como a Igreja começou a se desenvolver e a se espalhar após a ascensão de Jesus aos céus e a descida do Espírito Santo.

Já nas Epístolas, nós vemos os ensinamentos de Jesus sendo aprofundados e discutidos: a doutrina da salvação, a prática do amor ao próximo, a vida em comunidade nas igrejas, etc.

*Show! Mas o que são epístolas?
São cartas. Naquela época não havia telefone, e-mail ou rede social. A única forma de comunicação à distância era por meio de cartas. O apóstolo Paulo fundou diversas igrejas e, mesmo depois de sair de lá para fundar uma nova comunidade cristã ele procurava se manter informado do que estava acontecendo e aconselhava os irmãos por meio destas epístolas. Eram cartas endereçadas, que ele escrevia especialmente para a igreja de Corinto, de Tessalônica, para seu filho na fé Timóteo, etc. Já as epístolas escritas pelos outros não deixaram claro para quem estavam escrevendo, então são as epístolas gerais.
Mas, na prática, todas elas são tão úteis para nós hoje, como foram para a igreja cristã do século I.

*TôEntendendo. E o livro de Apocalipse?
Este é o livro que fecha perfeitamente toda a Bíblia. Se o Génesis nos revela como foi o início de tudo, o livro de Apocalipse nos revela como o plano de Deus se encerrará, com o resgate da Igreja e o castigo dos maus. Mas o livro de Apocalipse é um livro muito complexo, cheio de simbolismos e, por isso mesmo, difícil de se entender.

Conclusão
Deu para perceber a importância de toda a Bíblia? De Génesis a Apocalipse, são 66 livros contando uma história de amor: o amor de Deus por sua Criação, a ponto de traçar um plano desde o princípio, que alcança seu ponto alto com Jesus e a sua conclusão no arrebatamento da Igreja, ainda por acontecer. Mas que pode ser resumido em um único versículo: "Porque Deus amou o mundo tanto, que deu o seu único Filho, para que todo aquele que nele crer não morra, mas tenha a vida eterna" (Jo. 3.16).
Vale a pena ou não conhecer esta história em detalhes? Então, mãos à obra, vamos ler a Bíblia!
ATIVIDADE
Correlacione as colunas:
1) Livro do Pentateuco          (  ) Lucas
2) Livro Histórico                   (  ) Daniel
3) Livro de sabedoria            (  )Tiago
4) Profeta maior                    (  ) Apocalipse
5) Profeta menor                   (  ) Números
6) Evangelho                         (  ) II Crônicas
7) Epístola Paulina                (  ) Naum
8) Epístola geral                    (  ) Provérbios
9) Profético                            (  ) Filemon

Recapitulando
A palavra Bíblia veio para o português através do latim, mas a sua origem é o grego, onde significa "livros". A própria Bíblia chama a si própria de "os escritos" ou as "as Escrituras" (Mt 21.42 e 2 Tm 3.15).
As duas partes da Bíblia são chamadas de Antigo e Novo Testamento. A palavra "testamento", geralmente na Bíblia grega, é traduzida por "concerto". Portanto, quando falamos de testamento na Bíblia, estamos nos referindo as alianças ou cactos que Deus firmou com a criação, com seu povo e, por fim, com todos nós por meio de Jesus Cristo.
A Bíblia toda é a Palavra de Deus, então, é muito importante lermos, e entendermos a Bíblia toda.
Dos 66 livros que compõem as Bíblias lidas pelas igrejas evangélicas, 39 estão no Antigo Testamento e 27 do Novo Testamento.
O Antigo Testamento está dividido em Pentateuco, livros históricos, livros de sabedoria, profetas maiores e profetas menores. Na prática ele é uma introdução que mostra todo o plano de Deus para a vida de Jesus.
O Novo Testamento está dividido em evangelhos, livro histórico, epístolas paulinas, epístolas gerais e livro profético.
De Gênesis a Apocalipse, a Bíblia conta a história do amor de Deus por sua Criação, a ponto de traçar um plano desde o princípio, que alcança seu ponto alto com Jesus e a sua conclusão no arrebatamento da Igreja.

Refletindo
1. Quantos livros a Bíblia tem?
2. Quantos livros há no Antigo Testamento e no Novo Testamento?
3. O que a Bíblia representa para a sua vida?

Fonte: Lições Bíblicas de Adolescentes – 4° trimestre de 2017, CPAD – Reverberação: Subsídios EBD

 
Top