{ FECHAR }

CLIQUE AQUI



Lição Bíblica de Adolescentes
Trimestre: 3° de 2017
Editora: CPAD
Revista do Professor
Reverberação: Subsídios EBD
Outras Lições: Acesse Aqui
TEXTO BÍBLICO
Lucas 8.4-15
Destaque
"Algum tempo depois Jesus saiu e viajou por cidades e povoados, anunciando a boa notícia do Reino de Deus. Os doze discípulos foram com ele" (Lc 8.1).
LEITURA DEVOCIONAL
SEG...................................................................Mt 28.19,20
TER.....................................................................Is 61.1-3
QUA....................................................................Mt 4.17 QUI.....................................................................Lc 8.15
SEX.....................................................................Is 55.11
SÁB.....................................................................Jo 15.16
DOM....................................................................Mt 9.38
Objetivos
- Explicar o propósito do ministério "de Jesus;    
- Destacar a importância do trabalho realizado pelos discípulos de Jesus;
- Estimulá-los a semearem a Palavra de Deus nos corações.  
MATERIAL DIDÁTICO
Versículos evangelísticos impressos em folha A4

QUEBRANDO A ROTINA
Professor, durante a semeadura encontramos diversos tipos de pessoas que reagem das mais diferentes maneiras à Palavra de Deus. Há aqueles que recebem de bom grado a mensagem do Evangelho e a seguem, mas há também quem rejeite e ficará de fora da grande salvação que está reservada para aqueles que creram em Cristo. Por isso, ensine aos seus alunos sobre a importância de pregarmos a Palavra de Deus. Proponha para eles. uma encenação: divida os alunos em duplas. Um dos componentes representará o não crente e o outro será o evangelizador. Dê um tempo de aproximadamente 5 minutos para que o evangelizador convença a seu companheiro a entregara vida a Crista. Explique que não poderão utilizar a Bíblia para consulta, mas somente a conhecimento que possuem acerca da Palavra de Deus, Em seguida, as duplas invertem os papéis. Ao final, peça que relatem qual foi a experiência que tiveram ao tentar convencer o descrente à fé em Cristo. Ensine que devemos guardar a mensagem de Cristo em nossas corações porque Deus usará nossas vidas quando menos imaginarmos.
ESTUDANDO A BÍBLIA
Clique e acesse
rezado professor, a missão que Jesus convocou seus discípulos a cumprir era muito árdua. Por conta disso, Jesus iniciou um intenso treinamento na vida de seus discípulos, a fim de que estivessem preparados para toda boa obra. Para tanto, deveriam estar cheios do poder de Deus e firmados na fé. Fazendo assim, os milagres seriam apenas consequência do viver diário com Cristo. Seus alunos também precisarão entender o motivo principal de estarem na presença de Deus. Eles foram salvos para servirem a Deus e pregarem a mensagem de salvação àqueles que se encontram perdidos. Muitos deles podem se questionar e até pensarem que não possuem o dom de evangelizar. Mas para Deus não importa quanto tempo temas de crente ou mesmo quantas vezes já lemos a Bíblia. Para Ele, o que importa é um coração aberto para sermos usados por Deus e alcançarmos as pessoas que estão sem salvação. Estimule seus alunos a pensarem um pouco mais na situação em que se encontram os seus amigos que ainda não entregaram a vida a Cristo. Diga-os que a salvação de Deus é estendida a todos os que crerem.

Ao passo que ressuscitou dos mortos, o Senhor Jesus apareceu aos seus discípulos e lhes deu a seguinte missão: "Portanto, vão a todos os povos do mundo e façam com que sejam meus seguidores, batizando esses seguidores em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e ensinando-os a obedecer a tudo o que tenho ordenado a vocês" (Mt28.19,20). Esta é uma missão que devemos executá-la hoje.

Talvez você olhe para si mesmo e não se sinta capacitado. Mas Deus pode acender uma chama em seu coração, estimulá-lo a estudar a Palavra de Deus com vigor e a conhecê-la em profundidade. Por isso, vamos estudar agora sobre essa linda missão estabelecida por Jesus: Pregar o Evangelho.

1. SEMEANDO "BOAS NOTICIAS"
A palavra "evangelho" vem do grego evangelion que significa "boa notícia". A natureza da mensagem de Jesus consistia em chamar todos os homens ao arrependimento e que eles se voltassem para Deus, a fim de que alcançassem a salvação (Mt 4.17).
                             
Quando Jesus iniciou o seu ministério Ele percorreu todas as cidades e aldeias da região da Galileia anunciando o Evangelho, expulsando os demónios e curando as enfermidades das pessoas (Mt 4.23,24).

Uma informação importante é que naquela época o povo de Israel negligenciou os cuidados com a fé. Os judeus já não serviam a Deus de todo o coração, antes só cumpriam um formalismo de uma religião vazia que só pensava em satisfazer as vontades políticas dos sacerdotes e do governo romano. De outro modo, a pregação de Jesus confrontava a hipocrisia dos líderes religiosos e convidava os pecadores para uma nova vida debaixo da graça mediante a fé no próprio Senhor Jesus, o Messias desejado (Mt23; Is 511-12).

Por conseguinte, o povo fechou os ouvidos e vendou os olhos, de modo que não conseguia compreender a virtude do Evangelho e o poder de Deus para transformar o ser humano. Apesar de tantos milagres, prodígios e maravilhas operados por Jesus, poucos eram os que de fato criam nEle. Mas a Boa Notícia não se limitaria à nação de Israel. Havia um plano de Deus bem maior que os discípulos não poderiam imaginar.
 
AUXÍLIO TEOLÓGICO
"IDE...ENSINAI... BATIZANDO.
Estas palavras constituem a Grande Comissão de Cristo a todos os seus seguidores, em todas as gerações. Declaram o alvo, a responsabilidade e a outorga da tarefa missionária da igreja.

1. A igreja deve ira todo o mundo e pregar o evangelho a todos, de conformidade com a revelação no NT, da parte de Cristo e dos apóstolos (ver Ef 2.20). Esta tarefa inclui a responsabilidade primordial de enviar missionários a todas as nações (At 13.1-4).

2. O evangelho pregado centraliza-se no arrependimento e na remissão (perdão) dos pecados (Ic 24.47), na promessa do recebimento de 'o dom do Espírito Santo' (At 2.38), e na exortação de separar-nos desta geração perversa (At 2.40), ao mesmo tempo em que esperamos a volta de Jesus, do céu (At 3.19,20; 1Ts 1.10).

3. O propósito da Grande Comissão é fazer discípulos que observarão os mandamentos de Cristo. Este é o único imperativo direto no texto original deste versículo. A intenção de Cristo não é que o evangelismo e o testemunho missionário resultem apenas em decisões de conversão. As energias espirituais não devem ser concentradas meramente em aumentar o número de membros da igreja, mas, sim, em fazer discípulos que se separam do mundo, que observam os mandamentos de Cristo e que o seguem de todo o coração, mente e vontade (cf. Jo 8.31).

4. Note-se, ainda, que Cristo nos ordena a concentrar nossos esforços para alcançar os perdidos e não em cristianizar a sociedade ou assumir o controle do mundo. Aqueles que creem em Cristo devem abandonar o presente sistema mundano maligno e separar-se da sua imoralidade (Rm 13.12; 2Co 6.14), e ao mesmo tempo expor a sua malignidade (Ef 5.11)" (Bíblia de Estudo Pentecostal. Rio de Janeiro: CPAD, 1995, p.1452).

2. A BOA SEMENTE É A PALAVRA DE DEUS
Depois de escolher doze apóstolos para cumprir a missão evangelizadora, Jesus iniciou um programa de discipulado objetivando a ensiná-los todas as coisas que deveriam saber para o propósito de Deus se realizar efetivamente (Lc 6.12-16). Nosso Senhor ensinou aos discípulos que a Palavra de Deus, a boa semente, precisava encontrar corações em boas condições para plantio, afim de que a "terra desse fruto com perfeição".

O Senhor conhecia os corações daqueles que ouviram a sua mensagem, tanto dos que dariam crédito quanto dos que rejeitariam. Todavia, o trabalho deveria ser feito pelas mãos dos discípulos. Hoje não é diferente. Jesus declarou: "A colheita é grande mesmo, mas os trabalhadores são poucos. Peçam ao dono da plantação que mande mais trabalhadores para fazerem a colheita" (Mt 9.37,38). A obra de Deus é grande e Ele precisa de pessoas dispostas a realizar tão importante trabalho. Por isso, caro adolescente, o Senhor também chamou você para militar em tão grande missão. Há muitos amigos seus que ainda não servem ao Senhor e Ele quer usar a sua vida para alcançá-los. Tudo o que você precisa é aprender a semear.

AUXILIO TEOLÓGICO
"Quando o Espírito Santo enche a igreja com o seu poder, então a presença de Jesus nela se torna eficaz e real (cf. Mt 28.20; 18.20; Jo 14.16). Pelo poder operante de Deus, a força, a capacidade e as grandezas humanas desaparecem ou ficam sem segundo plano, e cada crente se torna um instrumento nas mãos do Senhor. Então a coisa principal para o progresso da obra de Deus deixa de ser o possuir ou não instrumentos, cultura ou sabedoria humana, pois o Espírito Santo é quem dá a todos (sábios ou não) a capacidade que vem dos céus (cf. 2Co 3.5)" (BÉRGSTEN, Eurico. Teologia Sistemática. Teologia Sistemática. 4.ed. Rio de Janeiro: CPAD 2005, pp.255-56).

3. SEMEANDO EM TERRENO IMPRÓPRIO
Certa vez, Jesus contou a parábola do semeador aos seus discípulos (Lc 8.4-15). O Senhor falou a respeito da necessidade de a Palavra ser semeada nos corações das pessoas. É verdade que muitos reagem de maneira indiferente à Palavra de Deus. O Senhor ilustrou isso em sua parábola, descrevendo as pessoas que se fecham ao ouvirem a mensagem do Reino e a ação de Satanás que tira de suas mentes a atenção para que não creiam no Evangelho (v.12). Outros se alegram por um momento, e até pedem para ouvir mais um pouco da Palavra, mas logo, quando aparece a primeira dificuldade, desistem de tudo em que outrora creram (v.13).

Além disso, há aqueles que ouvem a Palavra de bom grado e até creem, mas logo vêm os prazeres da carne, os convites e as ofertas do mundo para tentar o coração que, por sua vez, não encontra forças para prosseguir (v. 14). Isso acontece com muitos jovens que vão à igreja e sentem até o desejo sincero de servir a Deus, mas estão tão envolvidos com as coisas deste mundo que não conseguem renunciar os deleites da carne.

As dificuldades que enfrentamos nos dias atuais para permanecermos em santidade na presença de Deus são inúmeras. Certamente você sabe disso. Talvez até conheça outros jovens que estão desanimados e já desistiram da caminhada na f é. Mas o Senhor revela em sua Palavra que é possível para o jovem permanecer em Deus: "Como pode um jovem conservar pura a sua vida? É só obedecer aos teus mandamentos" (SI 119.9).

A obediência à Palavra de Deus é indispensável para sobrevivermos em meio a uma sociedade mergulhada em pecados. A fase da adolescência é uma etapa de muita ansiedade e, por isso, de pouca espera. Tudo é para ontem e nada para amanhã. Sobre isso, o apóstolo Pedro aconselhou aos jovens: "Portanto, sejam humildes debaixo da poderosa mão de Deus para que ele os honre no tempo certo. Entreguem todas as suas preocupações a Deus, pois ele cuida de vocês. Estejam alertas e fiquem vigiando porque o inimigo de vocês, o Diabo, anda por aí como um leão que ruge, procurando alguém para devorar. Fiquem firmes na fé e enfrentem o Diabo porque vocês sabem que no mundo inteiro os seus irmãos na fé estão passando pelos mesmos sofrimentos" (l Pé 5.6-9). Por essa razão, não tome decisões precipitadas, mas entregue os seus anseios a Deus e busque a sua santa presença para encontrar forças para dizer "não!" ao pecado. Então, abrace a responsabilidade de semear a Palavra de Deus no coração de seus amigos. Não importa que tipo de terreno corresponda o coração deles, o seu papel é semear, pois é Deus quem fará a semente germinar. Portanto, esteja atento! £ mãos à obra, pois Deus usará você poderosamente.

AUXÍLIO DIDATICO
Professor, ensinar é uma tarefa muito importante. Muitos professores resumem ensinar como a simples tarefa de depositar informações na "conta bancária" da mente dos alunos. No entanto, ensinar vai além da simples transmissão de conhecimento. Não é somente comunicar, por mais que o professor tenha a facilidade de pronunciar palavras inteligíveis à classe. Mesmo assim não será o suficiente para que ocorra, de fato, o processo de ensino-aprendizagem. Ensinar é fazer com que o aluno reflita sobre a própria ação. O resultado do bom ensino é a mudança de comportamento. Cabe ao professor prover os recursos necessários para que o aluno assimile as informações, refuta sobre o conhecimento recebido e acomode na estrutura cognitiva "as novas" informações que modificarão o pensamento do aluno. Desse modo, Jesus utilizava da sua didática única e levava os seus ouvintes a refletirem se suas ações, de fato, estavam de acordo com a vontade de Deus. Caro professor, o propósito da sua aula deve ser o mesmo, não planeje uma aula em que seus alunos somente recebam passivamente as informações da lição, mas reflitam sobre o que estão aprendendo. Permita com que seus alunos perguntem sobre o assunto, deixe-os à vontade para discordarem ou mesmo ampliarem a visão sobre o tema da lição. Tão somente tenha cuidado com o horário, mas conduza a discussão de forma tranquila e edificante. Uma aula dinâmica é essencial para que seus alunos aprendam a Palavra de Deus.

4. UMA TERRA BOA PRODUZ FRUTOS EM ABUNDÂNCIA
Jesus conhecia o coração de cada ouvinte da Palavra de Deus. Esta nunca volta vazia, seja qual for a reação das pessoas, a Palavra sempre trará algum resultado na vida de seus ouvintes (Is 55.11).

Assim como havia aqueles que não demonstravam interesse pela Palavra de Deus, havia outros que a recebiam de bom grado e se tornavam seguidores de Jesus. Aos tais o Senhor compara com a terra boa que deu fruto em abundância (Lc 8.15).

Você pode até achar que muitos de seus amigos não estão nem aí para a igreja e não querem ouvir a Palavra de Deus, mas saiba que o Criador conhece cada coração. Talvez não seja por muito falar, mas por intermédio da sua amizade e influenciando-os com bons conselhos e testemunho cristão, o Espírito Santo pode falar mais alto ao coração de seus amigos. Seja você também um semeador da mensagem do Reino e muitos frutos serão colhidos por intermédio da sua vida.

RECAPITULANDO
Durante os três anos e meio de seu ministério o Senhor poderosamente na vida de seus discípulos. A cada vez que o Mestre os enviava a semear o Palavra, milagres e maravilhas eram operados.

Em cada sermão ou por intermédio das parábolas, o Mestre mostrava a vontade do Pai. Jesus não escolheu homens experientes e grandes conhecedores das Escrituras Sagradas para cumprir a mais importante missão. Antes, o Senhor escolheu pessoas simples do povo e os nomeou para que dessem frutos e esses frutos permanecessem (Jo 15.16). Contudo, apenas uma condição era necessária para que eles estivessem, de fato, preparados para cumprirem este importante desafio: "deveriam amar uns aos outros" (Jo 15.12).

A lição hoje nos ensinou que o Senhor deseja usar a nossa vida para alcançar muitos corações que, assim como o nosso também, precisam encontrara caminho da salvação em Cristo. Para esta importante missão, temos a promessa do nosso Senhor Jesus Cr isto: "eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos" (Mt 28.20).

REFLETINDO
1. O que é a boa semente?
E a Palavra de Deus.
2. Qual o significado da palavra "Evangelho"?
A palavra evangelho vem do grego evangelion que significa "boa notícia".
3. Qual é a reação das pessoas ao ouvir a Palavra de Deus?
Há aqueles que não demonstram interesse pela Palavra de Deus, e há muitos que recebem de bom grado e tornam-se seguidores de Jesus.
Novas Lições - Leia também:

- Lições Bíblicas de Jovens – 1° Trimestre de 2018 – Acesse Aqui
- Lições Bíblicas de Adultos – 1° Trimestre de 2018 – Acesse Aqui
- Lições Bíblicas Juvenis - – 1° Trimestre de 2018 – Acesse Aqui
- Estudos Auxílios para professores da EBD – Acesse Aqui


Fonte: Lições Bíblicas de Adolescentes – 1° trimestre de 2018, CPAD – Reverberação: Subsídios EBD



 
Top