{ FECHAR }

CLIQUE AQUI


“Segundo Marcos 5.1-20 e Lucas 8.26-39, o pedido deles de não serem lançados no abismo foi atendido pelo Senhor, que os enviou para uma manada de porcos”.
A história retrata o pior estado que o ser humano pode chegar: Ser possuído por demônios. Aquela alma, não controlava aquele corpo, ele era controlado pelos demônios, de maneira que nenhuma cadeia ou força humana podia detê-la. Ele foi liberto! O contexto histórico e as pessoas envolvidas serão determinantes para uma interpretação correta da mensagem divina e assim responder a pergunta em questão. Essa história assemelha-se com o Antigo Testamento. Jesus permitiu que os demônios possuíssem os porcos. 


No Antigo Testamento, Deus permitiu que um demônio tomasse os lábios dos profetas de Acabe. O demônio declarou que seria um espírito de mentira agindo entre os profetas. Entender a razão pela qual Deus permitiu que o demônio de mentira tomasse os lábios dos profetas de Acabe, nos ajudará e entender a permissão para que os demônios possuíssem os porcos. Acabe, o rei que teve seus profetas enganados pelo espírito de mentira, reinava sobre dez tribos da nação de Israel; aquelas que seguiram a rebelião de Jeroboão após a morte de Salomão.

Acabe vivia em total desobediência a Deus. Não deveria estar reinando pois não era descendente de Davi, o que se conclui pelo fato da Bíblia omitir a sua tribo de origem. O pai de Acabe (Omri) era um general que aproveitou-se da confusão com o assassinato do rei Baasa e tomou o poder (1 Rs 16.16-18). Não deveria ter se casado com uma princesa dos sidônios e permitir que ela estabelecesse

profetas de Baal agindo em Israel (1 Rs 16.31). A vida errada que Acabe e seus profetas viviam, foi a responsável pela operação do espírito de mentira. A permissão divina ocorre pela operação do mau já estabelecido. Na história do Novo Testamento, os demônios clamavam para que não fossem enviados para o abismo (Lc 8.31). O abismo é uma prisão que será aberta durante a Grande Tribulação, quando anjos são soltos a fim de participarem da investida de Satanás contra o povo de Deus. Jesus permitiu que os demônios possuíssem os porcos para nos ensinar, que o inimigo consegue permissão para fazer sofrer aquele está separado de Deus. Jesus permitiu que os demônios possuíssem os porcos por não poder impedir que o mau alcance aqueles que escolhem o caminho errado, o caminho condenado pela Bíblia. 

A cidade de Gadara estava localizada nos termos das tribos de Manassés e Gade. Nessa região havia uma mistura de israelitas com povos pagãos, assim como havia com a Galiléia e Samaria. Nos dias do Novo Testamento essa região era chamada de Decápolis. Os cidadãos de Gadara (onde ocorre a história) não deveríam estar criando porcos, pois aos israelitas, era proibida comer carne de porco, por ser considerada imunda. Os pagãos que viviam naquela região deveríam obedecer a lei de Israel. A história é também uma exortação sobre o valor da vida humana e o valor dos bens materiais. 

Jesus não fez acordo com os demônios, mas não pode impedir que o homem que escolhe o mau caminho será oprimido. Os homens em nenhum momento pesaram no milagre realizado na vida do endemoninhado. Se aqueles homens fossem tementes a Deus, aproveitariam a oportunidade para receber as palavras do Filho de Deus.

Reverberação: Subsídios EBD | Fonte: Jornal Mensageiro da Paz, Março de 2019| Artigo: Pr. Levi Matos Marins

Postar um comentário

ESCREVA UM COMENTÁRIO SOBRE O QUE VOCÊ LEU NESTA PÁGINA



 
Top