{ FECHAR }

CLIQUE AQUI


Milênio pode ser definido como o período de mil anos durante o qual Cristo há de reinar plenamente sobre o mundo, de acordo com o que explicita João no Apocalipse (20.1-5). Trata-se de um reino literal, cujo principal objetivo é a exaltação de Jesus não somente como o Messias de Israel, mas como o desejado de todas as nações (Ag 2.7).

O Milênio pode ser considerado ainda como a manifestação plena do Reino de Deus na Terra. E isto nada tem a ver com a doutrina de algumas seitas que, renegando as verdades bíblicas acerca do Arrebatamento da Igreja, ensinam que este mundo haverá de melhorar, pouco a pouco, até transformar-se num paraíso.
 
Quando será o Milênio? O Milênio terá início logo após a Grande Tributação, quando Nosso Senhor Jesus Cristo, na companhia de todos os seus santos, houver aniquilado o dragão, o falso profeta e a besta (Ap 19.11-21). O Milênio dar-se-á, por conseguinte, depois do Arrebatamento da Igreja.

Nesse período, Satanás estará amarrado até que se completem os mil anos. Em seguida, importa que ele seja solto por um pouco de tempo, até que seja definitivamente lançado no Lago de Fogo (Ap 20.2,7,10). Ver também Mateus 25.41.

VEJA TAMBÉM:

Mil Anos de Paz, Justiça e ProsperidadeAcesse Aqui

O Mundo Vindouro - Acesse Aqui


OBJETIVOS PARA A IMPLANTAÇÃO DO MILÊNIO

Deus implantará o Milênio tendo vários objetivos bem definidos: exaltar a Cristo, manifestar plenamente o seu Reino, mostrar que este mundo pode ser administrado com justiça e equidade, e deixar bem claro que os reinos deste mundo pertencem a Cristo.
O Milênio será um reino não somente de bênçãos espirituais, mas também de materiais, conforme o explicitam as Sagradas Escrituras. Ele terá inicio com um grande derramamento do Espírito Santo. Profetiza Zacarias que, quando os israelitas se virem cercados pelas nações da Terra, clamarão angustiados pelo socorro divino. Nesse momento, Jesus haverá de se manifestar com grande poder e majestade sobre Jerusalém, livrando-a de certeira destruição. Israel pranteará, humilhado e arrependido, aceitando o Senhor Jesus, a quem rejeitara na sua primeira vinda (Zc 12.9-10; 13.1; 14.2-9; Ap 1.7; Is 66.15-16). Nesse exato momento, experimentarão uma grande efusão do Espírito Santo: “E sobre a casa de Davi e sobre os habitantes de Jerusalém derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem trespassaram; e o prantearão como quem pranteia por um unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito”, Zc 12.10.

SAIBA MAIS:
A importância do Pré-milenismo Acesse Aqui


O Milênio será também um período de grande conhecimento da Palavra de Deus. Diz Isaías: “Não se fará mal nem dano algum em todo o monte da minha santidade, porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como-as águas cobrem o mar”, Is 11.9.

Será ainda um tempo de paz universal. “E julgará entre muitos povos e castigará poderosas nações até mui longe; e converterão as suas espadas em enxadas e as suas lanças em foices; uma nação não levantará a espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerra”, Mq 4.3.

O Milênio será uma era de abundante saúde física e mental. “Então, os olhos dos cegos serão abertos, e os ouvidos dos surdos se abrirão. Então, os coxos saltarão como cervos, e a língua dos mudos cantará, porque águas arrebentarão no deserto, e ribeiros, no ermo”, Is'35.3-6. Será uma era de prosperidade, segurança e vida longa. “Não edificarão para que outros habitem, não plantarão para que outros comam, porque os dias do meu povo serão como os dias da árvore, e os meus eleitos gozarão das obras das suas mãos até à velhice”, Is 65.22.

O Milênio será um período de plena recuperação ecológica da Terra. “O deserto e os lugares secos se alegrarão com isso; e o ermo exultará e florescerá como a rosa. Abundantemente florescerá e também regorgitará de alegria e exultará; a glória do Líbano se lhe deu, bem como a excelência do Carmelo e de Sarom; eles verão a glória do Senhor, a excelência do nosso Deus”, Is 35.1-2. Israel habitará seguro e estará de posse de todo o território que o Senhor prometera a Abraão. O capítulo 48 de Ezequiel descreve, em detalhes, os termos que as doze tribos de Israel ocuparão no período do Milênio. Será um território muito maior e muito mais amplo em relação ao ocupado hoje pelo Estado de Israel.

O Milênio será, de fato, “o paraíso na Terra”. Todavia, o melhor ainda estará por vir: terminado esse período, e logo após o Juízo Final, os salvos entraremos de posse da Nova Jerusalém, quando então jamais nos apartaremos de Nosso Senhor Jesus Cristo. Maranata!

VEJA TAMBÉM:
Armagedom: O Confronto Final Acesse Aqui

Para quem será o milênio? Acesse Aqui

Quem são as duas testemunhas do apocalipse? Acesse Aqui

Artigo: Pr. Claudionor de Andrade | Fonte: Jornal Mensageiro da Paz | Divulgação: Subsídios EBD

Postar um comentário

ESCREVA UM COMENTÁRIO SOBRE O QUE VOCÊ LEU NESTA PÁGINA



 
Top