FECHAR <----

CLIQUE AQUI
 

Classe: Jovens | Trimestre: 4° de 2019 | Revista: Professor | Fonte: Lições Bíblicas de Jovens, CPAD
Áudio Lição Aqui | Subsídios Bíblicos aqui | Auxílio - Professores Aqui

TEXTO DO DIA

E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda. (At 3.6)

SÍNTESE
Aqueles que têm a Cristo possuem um tesouro de valor inestimável, e este tesouro precisa ser compartilhado. 

AGENDA DE LEITURA

SEGUNDA - Mc 16.17
Estes sinais seguirão aos que crerem
TERÇA - 2 Co 4.7
Temos um tesouro em vasos de barro
QUARTA - Fl 2.9
O nome de Jesus é sobre todo o nome
QUINTA - Sl 9.11
Louvai ao Senhor e anunciai os seus feitos
SEXTA - Rm 11.36
Toda a glória a Jesus
SÁBADO - 1 Co 1.23
Devemos pregar a Cristo crucificado

OBJETIVOS

I- MOSTRAR a condição do coxo que era colocado todos os dias à porta do  Templo chamada Formosa;
II - DESTACAR a ousadia dos apóstolos e a cura do coxo;
III- RESSALTAR o discurso de Pedro no Templo após ter ocorrido o milagre.

Veja também:
·          A Maravilhosa Cura Divina
·          A Cura do paralítico de Betesda


INTERAÇÃO


Querido (a) professor(a), depois da descida do Espírito Santo, estudaremos os milagres ocorridos no livro de Atos. Qual foi a reação dos seus alunos nas primeiras duas aulas? Cremos que o livro de Atos tem um poder singular de fazer uma "ponte" com a Igreja dos dias atuais. Vivemos circunstâncias parecidas em que a promessa do batismo com o Espírito Santo ainda é válida para nós. Deus deseja nos revestir de poder do alto para dar cumprimento à missão que Jesus nos incumbiu. No decorrer da aula, reforce a ideia de que precisamos estar em comunidade, ajudando um ao outro em amor para que o mundo veja que somos discípulos de Cristo. Diga que mesmo enfrentando perseguições, tenhamos fé naquEle que nos chamou, pois Jesus continua realizando milagres. Converse com seus alunos e destaque que o livro de Atos não é apenas uma obra histórica sobre a Igreja Primitiva. Cremos nele como algo normativo para a nossa vivência de fé. Em um mundo cada vez mais racionalista, humanista e materialista, ressalte que podemos mergulhar nesses relatos de fé, poder e agir do Espírito Santo e buscarmos sua atuação nos dias de hoje.

ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA

Mostre aos seus alunos um exemplar do jornal Mensageiro da Paz. Diga que ele é um órgão de comunicação oficial da Assembleias de Deus no Brasil. O Mensageiro da Paz tem uma página exclusiva para testemunhos. Embora pareça que não vemos muitos milagres acontecendo, Deus nunca parou de realizar curas e maravilhas e demonstrar seu poder. Abra um espaço para um momento de testemunhos em que os alunos possam compartilhar algum milagre que Deus realizou em suas vidas. No entanto enfatize que Deus não deseja que venhamos buscá-lo apenas pelos milagres, como acontecia com muitos na época de Jesus, mas que busquemos a Ele como Senhor de nossas vidas.
 
TEXTO BÍBLICO
Atos 3.1-16

1        Pedro e João subiam juntos ao templo à hora da oração, a nona.
2        E era trazido um varão que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos os dias punham à porta do templo chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam.
3        Ele, vendo a Pedro e a João, que iam entrando no templo, pediu que lhe dessem uma esmola.
 4       E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós.
5        E olhou para eles, esperando receber alguma coisa.
6        E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda.
7        E, tomando-o pela mão direita, o levantou, e logo os seus pés e tornozelos se firmaram.
8        E, saltando ele, pôs-se em pé, e andou, e entrou com eles no templo, andando, e saltando, e louvando a Deus.
9        E todo o povo o viu andar e louvar a Deus;
10      e conheciam-no, pois era ele o que se assentava a pedir esmola à Porta

         Formosa do templo; e ficaram cheios de pasmo e assombro pelo que lhe acontecera.
11      E, apegando-se ele a Pedro e João, todo o povo correu atônito para junto deles no alpendre chamado de Salomão.
12      E, quando Pedro viu isto, disse ao povo: Varões israelitas, por que vos maravilhais disto? Ou, por que olhais tanto para nós, como se por nossa própria virtude ou santidade fizéssemos andar este homem?
13      O Deus de Abraão, e de Isaque, e de Jacó, o Deus de nossos pais, glorificou a seu Filho Jesus, a quem vós entregastes e perante a face de Pilatos negastes, tendo ele determinado que fosse solto.
14      Mas vós negastes o Santo e o Justo e pedistes que se vos desse um homem homicida.
15 E matastes o Príncipe da vida, ao qual Deus ressuscitou dos mortos, do que nós somos testemunhas.
16 E, pela fé no seu nome, fez o seu nome fortalecer a este que vedes e conheceis; e a fé que é por ele deu a este, na presença de todos vós, esta perfeita saúde.


INTRODUÇÃO

Depois da efusão do Espírito Santo e as primeiras conversões, o livro de Atos vai discorrer a respeito dos vários milagres realizados pelos apóstolos e discípulos de Cristo. Maravilhas aconteciam pelas mãos dos discípulos. No relato bíblico que estudaremos na lição deste domingo, Pedro e João sobem ao Templo e se deparam com uma cena até comum naqueles tempos - pedintes na porta do Templo. Pedro e João, crendo no que possuíam, ofereceram ao homem aquilo que lhe era mais valioso. Que essa lição  contribua para nos conscientizar de que temos um tesouro de valor inestimável que deve ser partilhado com todos que não o possuem.  Embora devamos também ajudar as pessoas em suas necessidades físicas precisamos apresentar Jesus aos necessitados, pois Ele pode tanto curar os sofrimentos físicos como salvar um pecador.

I - UM COXO À PORTA DO TEMPLO

1. Uma porta chamada Formosa.
Quando Pedro e João subiram ao templo na hora nona, ou seja, três da tarde, eles se depararam com um homem coxo que ficava na Porta Formosa. Essa porta era provavelmente a porta Nicanor, feita de bronze e que ficava entre o pátio dos gentios e o das mulheres. Flavio Josefo indica que a principal e maior porta do Templo era feita do mais caro bronze, mais belo que o ouro. Essa porta podia ser acessada pelo pórtico de Salomão.


2. Uma vida de exclusão.
Junto a esta linda e pomposa porta, vemos uma cena triste e desanimadora. Um coxo de nascença que era colocado ali todos os dias para pedir esmolas aos que entravam. Segundo o professor de Novo Testamento, Craig S. Keener, a organização do Templo, concentrada na questão da pureza, teria excluído os fisicamente incapacitados dos pátios internos. Essa é, infelizmente, uma cena um tanto comum no Brasil, onde vemos muitos excluídos da sociedade em razão de suas limitações físicas e mentais. Mas, como cristãos, devemos sempre lembrar de que Deus não faz acepção de pessoas (At 10.34). Jesus mesmo deu atenção àqueles considerados indignos e desprezados pela sociedade (Jo 5.1-9).

3. Um pedido e um olhar.
O coxo, vendo que Pedro e João iam entrar no templo, pediu-lhes uma esmola (v.3). Pedro e João não apenas olharam para o coxo com compaixão, mas fitaram os olhos nele. Fitar que dizer "mirar", "firmar" os olhos em alguém. É o olhar de misericórdia que os crentes devem ter para com os necessitados. Cheios da autoridade do Espírito Santo, Pedro e João compeliram o coxo a olhar para eles (v.4). Jesus declarou que somos a luz do mundo (Mt 5.14). As pessoas vão até à luz para poderem enxergar. Que sejamos como os dois apóstolos e que venhamos oferecer aos necessitados o que há de melhor nesta vida: Jesus Cristo.

Pense
O que podemos fazer em prol dos necessitados?

Ponto Importante
Deus não faz acepção de pessoas.

II - A CURA DO COXO


1. O dinheiro não resolve tudo.
O coxo olhou para Pedro e João esperando receber deles alguma coisa (v.5). Quando estamos na presença de Deus, como os dois apóstolos que iam orar no Templo, as pessoas olham para nós esperando receber algo diferente. O dinheiro pode e muito ajuda os carentes e necessitados, contudo há muitas situações em que o dinheiro não pode resolver problema algum. O dinheiro não pode comprar a salvação da alma (Mc 8.36-38). Ele também não pode curar determinadas doenças, como no caso de Naamã.  Ele era rico, chefe do exército da Síria, porém leproso (2 Rs 5).

2. Compartilhando Jesus.
Após deixar claro ao coxo de que não possuíam ouro nem prata, Pedro e João compartilharam aquilo que possuíam. Eles não foram indiferentes à necessidade do coxo, nem egoístas. Eles disseram: O que tenho, isso te dou (v.6). Só podemos dar aquilo que temos e a Bíblia diz que é melhor dar do que receber (At 20.35). Sempre haverá oportunidades para compartilharmos Jesus. As pessoas estão carentes de algo que lhes dê sentido e propósito de vida. Sem Jesus as pessoas ficam sem rumo e sem esperança, mas Jesus veio para dar vida e vida com abundância (Jo 10.10).

3. O milagre da cura.
Pedro e João estavam tão convictos do poder de Deus e tão cheios do Espírito Santo que não fizeram uma extensa pregação, nem fizeram uma longa oração. Eles apenas disseram: "Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda" (v.6). Crendo no milagre tomaram-no pela mão e o levantaram. O texto então relata que os pés e tornozelos do homem se firmaram, e ele começou a saltar. Que maravilha, aquele homem que nunca havia entrado no templo agora entra andando, saltando e louvando ao Senhor. O nome de Jesus é poderoso para salvar, libertar e curar. E Jesus é o mesmo ontem, hoje e eternamente (Hb 13.8). Deus deseja operar milagres no meio do seu povo e você têm um papel fundamental nisso, pois sua coragem e fé serão canais para que as maravilhas continuem acontecendo. Que venhamos crer e tomar posse da autoridade que o Senhor Jesus nos outorgou.


Pense
Você crê que Deus continua operando milagres e maravilhas na atualidade?

Ponto Importante
A Bíblia afirma claramente que Jesus não mudou (Hb 13.8), portanto Ele continua a realizar maravilhas. Precisamos crer.
Veja também:
1) O Espírito Santo e o Dia de PentecostesClique Aqui
2) A Vida Segundo o EspíritoClique Aqui
3) O Espírito Santo e seus símbolosClique Aqui

III - O DISCURSO DE PEDRO NO TEMPLO

1. Glória somente a Deus.
Logo após ter recebido o milagre da cura, o homem entrou no templo louvando a Deus (v.9). Ele sabia que quem havia feito aquilo era Deus - o único digno de louvor. Em momento algum o texto nos relata que ele exaltou a Pedro e João, os instrumentos de Deus para que o milagre acontecesse. Quem é de Deus jamais toma a glória para si. Porém, o povo começou a olhar para Pedro e João como se eles tivessem realizado aquilo. Mais uma vez os discípulos transferem a glória somente a Deus, dizendo que não foi a virtude nem santidade deles que havia realizado o milagre, mas apenas a fé no nome de Jesus fez aquele homem ter perfeita saúde (v.16). Em tempos em que se exalta tanto o homem por seus dons, é bom relembrar que mesmo sendo usados por Deus, não somos nada, e que a glória é somente do Senhor.
 
2. Pregando a Cristo.
Pedro não se aproveitou da situação para se promover, mas aproveitou aquela oportunidade para pregar a Cristo. Ele começou discorrendo acerca do Deus de Abraão, de Isaque e Jacó, que glorificou o seu filho Jesus, a quem eles rejeitaram (v.13). Mas esse Jesus, que eles haviam crucificado, ressuscitou e realizou aquele milagre. O apóstolo continua seu sermão falando que tudo era plano de Deus, mas que deveriam se arrepender e se converter ao Senhor para que seus pecados fossem perdoados. Todo milagre deve ser uma oportunidade para irmos além e pregarmos o caminho da salvação.

3. Salvação, o maior milagre.
A pregação de Pedro enfatizou que o maior milagre é a conversão das pessoas ao Cristo ressurreto. Porém,  vemos que os sacerdotes e saduceus ficaram ressentidos pelo ensinamento deles e os prenderam. Isso nos mostra que nem sempre, aqui na terra, teremos boas recompensas por pregar o Evangelho, mas devemos pregá-lo "a tempo e fora de tempo" (2 Tm 4.2). No entanto, podemos ver que muitos dos que ouviram a palavra creram, e chegou o número desses a quase cinco mil (At 4.4).

Pense
Você crê que Deus continua operando milagres e maravilhas na atualidade?


Ponto Importante
A Bíblia afirma claramente que Jesus não mudou (Hb 13.8), portanto Ele continua a realizar maravilhas. Precisamos crer.

SUBSÍDIO 

A Porta Chamada Formosa
"Não há referência a essa porta em textos judaicos. Josefo, no entanto, se refere a uma porta feita de bronze sólido que era muito superior às outras nove portas, que eram apenas cobertas de prata e ouro, sem bronze. A porta poderia ser a Porta de Nicanor, tendo recebido o nome do homem que a financiou, e levava do átrio dos gentios ao átrio das mulheres.

Josefo também nos diz que, enquanto as outras portas tinham duas folhas de 30 côvados, 13 metros de altura e 15 de largura, esta porta tinha 15 metros de altura. O ouro e a prata dessa porta, doados por Alexandre, pai de Tibério, eram muito mais espessos do que os das outras portas. A tradição cristã, no entanto, a identifica como a Porta Susa ou a Porta Dourada" (BEERS, Gilbert V. Viaje Através da Bíblia. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2013, p. 346).


CONCLUSÃO

A cura do coxo causou grandes efeitos não apenas naquele homem que sofria há tanto tempo, mas também proporcionou uma rica oportunidade para Pedro pregar para muitas pessoas. Os milagres são prova do poder de Deus, mas precisamos sempre colocar Cristo e seu plano de salvação além das maravilhas que Ele faz.

HORA DA REVISÃO

1. A Porta Formosa dava acesso para qual local?
Dava passagem entre o pátio dos gentios e o das mulheres.

2. Por que o coxo não adentrava no Templo?
Segundo o professor de Novo Testamento Craig S. Keener a organização do Templo, concentrada na questão da pureza, teria excluído os fisicamente incapacitados dos pátios internos.

3. Segundo a lição, o que o dinheiro não pode comprar?
Ele não pode comprar a salvação.

4. O que temos de mais precioso para oferecer às pessoas?
Jesus Cristo.

5. O que aconteceu com Pedro e João depois do milagre e da pregação na porta do Templo?
Pedro e João aproveitaram aquela oportunidade para pregar a Cristo.

ATENÇÃO!
Ao copiar este conteúdo COPIE ISSO TAMBÉM:
Fonte: Lições Bíblicas CPAD | Divulgação: www.subsidiosebd.com

Postar um comentário

ESCREVA UM COMENTÁRIO SOBRE O QUE VOCÊ LEU NESTA PÁGINA


 
Top